MEMÓRIA E
DEMÊNCIA

Dificuldades de memória costumam ser a queixa mais frequente dos quadros demenciais. A demência se caracteriza pela perda das capacidades cognitivas, comumente iniciando por déficit de memória e evoluindo com prejuízo de outras funções cognitivas como atenção, orientação, raciocínio, linguagem, entre outras. Esse declínio deve interferir na capacidade da pessoa em realizar as atividades do dia a dia, de forma a comprometer inicialmente as tarefas mais complexas e novas e posteriormente as mais simples e rotineiras. Há várias causas de demência: doença de Alzheimer (a mais frequente), doença cerebrovascular, outras doenças neurodegenerativas, abuso persistente de álcool, infecções, deficiência de vitamina, alterações metabólicas, tumor, entre outras. É importante ressaltar que prejuízo de memória NÃO é uma consequência normal do envelhecimento, portanto, deve ser investigado. A Associação Americana de Alzheimer sugere 10 sinais de alerta. Se você perceber algumas dessas alterações em si mesmo ou em alguém, busque uma avaliação.

10 SINAIS DE ALERTA

01. Problema de memória que chega a afetar as atividades e o trabalho;
02. Dificuldade para realizar tarefas habituais;
03. Dificuldade para comunicar-se;
04. Desorientação no tempo e no espaço;
05. Diminuição da capacidade de juízo crítico;
06. Dificuldade de raciocínio;
07. Colocar coisas no lugar errado, muito frequentemente;
08. Alterações frequentes do humor e do comportamento;
09. Mudanças na personalidade;
10. Perda da iniciativa para fazer as coisas.

PROBLEMAS DE MEMÓRIA

memória e Depressão

Memória e Ansiedade

memória e demência

memória e tdah

Memória e Doenças do Sono

Memória e Drogas

QUANDO DEVO ME PREOCUPAR COM MINHA MEMÓRIA?

DICAS E NOVIDADES

NO QUE PODEMOS AJUDAR?

VENHA CONVERSAR CONOSCO